Espiritismo


continuação

“O fenômeno mediúnico é a origem do Espiritismo. Mas, também, sua sustentação e continuidade. É a própria vacina para que o Espiritismo não venha a se tornar uma religião dogmática, cadaverizada, com conceitos e interpretações impostas por intelectuais, grupos, associações, federações, ou seja lá o que venha surgir como substitutivo da escolástica e suas consequências.”

Princípios básicos da Doutrina Espírita

“O Espiritismo veio recordar e complementar os ensinamentos de Jesus. Alguns dos princípios do Espiritismo são:

1. a existência de Deus

2. a imortalidade da alma

3. a reencarnação

4. o esquecimento temporário das vidas passadas

5. a comunicabilidade dos espíritos

6. a fé raciocinada

7. a lei da evolução

8. a lei do amor

9. a pluralidade dos mundos habitados.”

(site = http://www.cema.org.br)

“O que é obra dos homens se desfará, mas nada pode desfazer o que é obra de Deus”. Gamaliel (Atos, 5:35 a 40)

“Contra a vontade de Deus não poderá prevalecer a má vontade dos homens.” (Allan Kardec)

continua…

Anúncios

Espiritismo


Não se pode precisar com exatidão a data de aparecimento do Espiritismo.

Esses fatos sempre existiram desde os tempos mais remotos de nossa civilização.

Espíritas ingleses e americanos assinalam como data inicial do espiritismo, em tempos modernos, o dia 31 de março de 1848, na cidade de Hydesville, no Estado de Nova York, com o caso das irmãs Fox.

Na antiguidade e na idade média houve uma época de preparação dos adventos do movimento espírita com Emanuel Swedenborg.

Devido a posição da Igreja que não aceitava esses “ensinamentos”, a doutrina tornou-se popular e a sua prática foi alterada em sua essência.

O professor Hyppollite Léon Denizard Rivail, conhecido com o pseudônimo de Allan Kardec, lançou em 18 de abril de 1857 a obra “O Livro dos Espíritos” expondo os princípios fundamentais da Doutrina Espírita. Publicou várias outras obras como o “Livro dos Médiuns”, “O Evangelho segundo o Espiritismo”, “O Céu e o Inferno”, “A Gênese”.

Ele fundou o primeiro Centro Espírita do mundo, a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas.

No Brasil, em pleno Império, em 17 de setembro de 1865, surgia o “Grupo Familiar de Espiritismo”, na cidade de Salvador, Bahia.

Em 2 de agosto de 1703, no Rio de Janeiro, surge a “Sociedade de Estudos Espíritas – Grupo Confúcio”. E já em 1881 foi realizado o “1º Congresso Espírita do Brasil”.

Continua…

Cromoterapia


Ciência que utiliza as cores do espectro solar para restaurar o equilíbrio físico-energético em áreas do corpo humano atingidas por alguma disfunção.

É um tratamento que usa frequência de ondas eletromagnéticas para tratar distúrbios orgânicos, restaurando o equilíbrio de todo o ser.

As maiores civilizações antigas, dentre as quais se destacam a egípcia, grega, indiana e chinesa, principalmente, utilizaram a cromoterapia como um recurso de tratamento de pessoas enfermas em seus aspectos físico, mental e espiritual.

Destacamos, em especial, todo o conhecimento cromoterápico da comunidade dos Essênios com os quais Jesus teve longo relacionamento durante sua vida.

A civilização egípcia, em 2800 a.C., atavés de IMHOTEP, considerado o pai mundial da Medicina e que escreveu os primeiros livros da ciência médica em rolos de papiro, utilizava, frequentemente, a Cromoterapia em suas atividades de restauração da higidez físico-mental das pessoas adoecidas. Hipócrates estudou a matéria médica durante três anos no Egito e retornou à Grécia fundando ali a primeira Escola de Medicina.

As 7 cores do espectro solar e sua utilização no corpo humano

. VERMELHO = aumenta a energia vital

. LARANJA       = proporciona maior alegria, jovialidade e libido, elimina gorduras em

áreas localizadas

. AMARELO      = desenvolve a criatividade, purifica o sistema e é benéfico para a pele

. VERDE             = aumenta a capacidade física e mental

. AZUL                 = acalma e equilibra, é analgésico, regenera as células dos músculos, nervos, pele e aparelho circulatório

. ANIL                   = anestésico, coagulante e purificador da corrente sanguínea, limpa as correntes psíquicas

. VIOLETA            = sedativo dos nervos motores e sistema linfático, cauteriza as infecções e inflamações.

Fonte:

htpp://br.geocities.com/emilia

htpp://www.cromoterapia.org.br/

htpp://www.jjcabeleireiros.com.br/2008

A Conduta


Todos sabemos, sejamos profissionais das áreas social e/ou psicológica, principalmente, ou simplesmente cidadãos e cidadãs comuns, que a conduta  deveria ser a maneira correta do nosso comportamento em nossas relações interpessoais e no nosso ambiente.

Os contatos entre amigos ou entre pessoas que se amam devem ser alegres e inofensivos e o objetivo desejado será alcançado quando se mantiver o decoro nessas relações. Há que se perseguir atitudes gentis para se conseguir sucesso com pessoas, muitas vezes, intratáveis.

Entre os seres humanos há, necessariamente, diferenças de nível. Não há igualdade universal. Todavia, as diferenças de nível em nossa sociedade não devem ser arbitrárias e injustas para não suscitar inveja e nem propiciar luta de classes.

É preciso que as diferenças de nível externo correspondam às diferenças de capacidade interna e que o valor interno seja o critério para a hierarquização externa permitindo que a tranquilidade reine entre os seres humanos e que a sociedade encontre a devida ordem.

Que pessoas, mesmo em posições insignificantes mas com força interna, possuidoras de simplicidade possibilitem o progresso de seus semelhantes. Se as pessoas estão insatisfeitas com suas condições modestas tornam-se inquietas e ambiciosas desejando progredir, a qualquer custo, sem intenção de realizar algo de valor, mas sòmente para escaparem da pobreza material e quando atingem sua meta tornam-se arrogantes, prepotentes e apegadas ao luxo. Tal conduta leva ao sentimento de culpa.

Nas relações afetivas não deve haver trocas; não se deve  temer o destino quando permanecemos fiéis a nós mesmos e amamos alguém verdadeiramente. Não devemos ver com uma só vista quando podemos enxergar todo um universo de felicidade com uma visão clara da força do amor.

Nossa força interior, independentemente do que recebemos como herança fenotípica, nos conduz à primazia do nosso objetivo. A cautela é necessária quando nos deparamos com forças que se sobrepõem ao que pensamos ser real mas como Jesus nos ensinou “não há força maior do que o amor”.

Nas relações afetivas o diálogo é o caminho que leva à boa fortuna; através dele se corrigem erros, aparam-se arestas, conquista-se e se é conquistado. Não se pode temer o amor. Só quem não ama…de verdade!

Gestão de Recursos Humanos


c0ntinuação:

AMBIENTE DE TRABALHO

Sabemos que é o ambiente de trabalho que vai determinar o clima organizacional : cooperação, sabotagem, individualismo, trabalho coletivo.

As organizações que valorizam o respeito pela instituição, em que se estimula a solução de problemas de maneira coletiva, poderão ter relações de trabalho mais harmoniosas do que aquelas nas quais são estimuladas a competitividade.

É de conhecimento que existem unidades em que as pessoas consideram quase invasão de privacidade ceder dados para qualquer outro profissionao o que, na área de saúde, porque em planejamento é necessário dispor de todos os dados sobre produção, demandas, vigilância, etc.

“Os trabalhadores da saúde se sentem tão valorizados quando percebem que as organizações os consideram, por meio de salários e outros ganhos. materiais ou simbólicos, e quando sentem que a sociedade os respeitam”.

* trabalho em equipe : a homogeneidade ou heterogeneidade

* o mito do trabalho coletivo em saúde

* o grupo e sua organização

* o grupo como instância de cooperação

* o grupo como instância de rivalidade

* equipe e administração do trabalho

O TRABALHADOR COMO CLIENTE

Entre as necessidades básicas dos indivíduos (aqui ressaltados os trabalhadores), segundo Maslow, está a de pertencer a algum grupo ou lugar, a chamada “necessidade social”.

É preciso que os gerentes façam com que os trabalhadores sintam-se parte de algo, mas que seja meritório, valendo a pena, portanto, dedicar-se se não à organização pelo menos ao seu trabalho.

Necessidades básicas do ser humano ( A pirâmide de Maslow)

* fisiológicas

* segurança

* sociais

* reconhecimento pelos outros

* auto-realização

A pirâmide pressupõe a satisfação do nível inferior para permitir a satisfação do superior.

Se a pirâmide estiver correta, o trabalhador apenas iria sentir essa necessidade de se perceber como parte de um grupo ou de uma organização depois de ver satisfeitas suas necessidades de caráter fisiólogico e aquelas voltadas para a segurança.

Entretanto, apesar de não ser totalmente verdadeira, tendo em vista que o ser humano não obedece a modelos geométricos, já foi possível verificar que SEMPRE HÁ ALGUMA NECESSIDADE QUE ESTÁ MAIS FORTE EM UM DETERMINADO MOMENTO.

continua… 

necessidades 

Oceano de amor


Hoje acordei com a impressão de estar completamente cheio de vontade de me identificar com o mar, com o oceano. Significa estar em paz e, ao mesmo tempo, em pleno e completo movimento das ondas. Ondas que vão e vêm, que arrebentam na praia; que levam e trazem lembranças e recordações; que transportam alegria, felicidade, e, quase sempre, pessoas com planos, objetivos, desejos e vontades as mais diversas possíveis.

Essa impressão tornou-se realidade quando, de repente, o sol brilhou mostrando em sua plenitude as imagens desejadas em uma representação caleidoscópica de cores, brilhos e nuances de um ser feminino emoldurado por uma aura de esplendor inigualável. Haja luz, brilho, resplandescência.

O mar é azul, verde dependendo de quem o observa ou quando se observa de determinada situação ou posição; o mar é bravio? Só quando não o entendemos, quando não o conhecemos e o desafiamos. Para quê desafiar o imponderável ? O mar é como o amor. Mesmo que haja turbulência depois haverá calmaria. Para que isso aconteça é preciso que o amor como o mar seja verdadeiro, real, único. Ser real significa amar de verdade, amar por amor. Ter sem cobrar, precisar sem depender, estar sem presença.

O mar é um oceano de amor. O oceano é o reflexo de uma imagem real de quem se ama. As águas dos oceanos se encontram mas não se separam, pelo contrário, se interpenetram e se preenchem como em um lago cujo conteúdo maior é o continente do amor.

Banhar-se em águas do mar é como banhar-se de esperança ao conhecer-se o amor.

Conversa fiada


Boa parte de nossa vida passamos trocando confidências, compartilhando histórias com outras pessoas.

Em cidades interioranas, principalmente, conserva-se o hábito de sentar-se em cadeiras à frente das casas, em finais de tarde, para “jogar conversa fora” com vizinhos, amigos. Às vezes, os tons das conversas ficam mais picantes.

Na maioria das vezes, no entanto, o bom hábito propicia  uma “terapia” que as pessoas nem se dão conta. Aliviar tensões, dores emocionais e até físicas é um dos fatos concretos da importância de um “bom papo”.

Uma boa conversa leva a atenção das pessoas para a narrativa e desvia o foco dos sofrimentos e essas histórias possibilitam uma nova perspectiva de nossa própria condição humana. Ao compartilharmos histórias, estamos elevando nossos conhecimentos, ampliando referências e nos conhecendo melhor.

Tudo isso dentro de uma condição de higidez mental e, acima disso, de uma condição de elevação espiritual. Nos dias atuais, o bate-papo entre amigos nas salas de visitas ou à frente das moradias ganhou um novo espaço (mal utilizado, na maioria das vezes) que é a internet, apesar de ser uma relação virtual. As redes sociais permitem “encontros” entre pessoas que jamais se encontraram ao vivo.

As pessoas se sentem estimuladas a digitarem suas idéias, seus objetivos, suas necessidades, carências e o que pode ser mais perigoso, sua intimidade. Seria adequado salientar que a “grande rede” poderia permitir, pelo menos, um congraçamento maior entre os povos do nosso planeta. Troca de conhecimentos em todos os aspectos humanos é o grande desejo das pessoas que buscam uma melhoria de vida, que desejam encurtar o caminho para a felicidade.

Agradecimentos aos sites detentores das imagens.

Reunião


Onde haja necessidade de reunir pessoas, forças elevadas são de extrema importância. Torna-se importante, também, a presença de um líder humano como centro da reunião. Antes de reunir os outros, esse líder precisa, primeiro, concentrar-se, “integrando-se em si mesmo”. As forças, aqui reunidas, devem ser morais, acima de tudo, capazes de unificar o mundo.

Ao nível social a época de Reunião exige grandes empreendimentos.

Quando um grande número de pessoas se reúne, é inevitável que desentendimentos possam acontecer. Sabe-se que onde acumulam-se  muitos bens, roubos tendem a acontecer.

Em época de Reunião é preciso armar-se a tempo, para defender-se do inesperado. Quando não se toma determinadas precauções os infortúnios, inesperadamente, podem acontecer. É preciso estar prevenido.

Nessa época, os caminhos não devem ser escolhidos de forma arbitrária. As linhas de força reunem aqueles que se correspondem e que devem se deixar conduzir por essa atração. As afinidades entre as pessoas permitem uma compreensão mútua natural.

É sempre benéfico, para qualquer pessoa,  quando outros se reunem em torno dele. Tal situação lhe confere uma certa influência mas é preciso evitar pessoas que se aproximam atraídas por essa posição influente.

continua

Fonte: I Ching

Imagem : vaninha.pedagogia.blogspot.com

Gestão de Recursos Humanos


continuação

Efeitos negativos dos conflitos

° desviam a atenção dos objetivos da organização

° tornam a vida na organização uma eterna derrota (“perdedores habituais”)

° o gerente é visto como árbitro parcial (favorecendo grupos em detrimento de outros)

° propiciam sabotagens internas na organização

° percepçao de estereótipos (perdedores, ganhadores, culpados, inimigos, etc).

Efeitos positivos dos conflitos

° bons elementos de socialização na organização

° ajudam a equilibrar as relações de poder dentro da organização

° propiciam a formação de alianças.

Os conflitos permitem perceber quando as relações estão desgastadas e/ou quando as normas da organização estão se tornando desatualizadas ressaltando a necessidade de novas políticas em diferentes áreas. Mas, também, os conflitos possibilitam o  aparecimento de novas lideranças na vida organizacional.

No serviço público, seria de muita importância trabalhar a noção de objetivos comuns mas a realidade mostra que nem sempre esse trabalho é bem sucedido.

Compromisso

Apesar de quase todos os gerentes do setor da saúde e de autores falarem e mencionarem os funcionários da área como destituídos de compromisso com o sistema, com seu trabalho e com sua organização resta saber se esse comportamento é exclusivo da área da saúde.

O compromisso é visto, às vezes, como razão direta da motivação e esta como um substituto – insatisfatório – da busca de sentido no trabalho.

O que buscam as pessoas nas organizações ?

Na Administração de Qualidade um dos pontos mais citados e menos compreendido é o fato de que NÃO SE DEVE IMPEDIR QUE O TRABALHADOR SE ORGULHE DO QUE FAZ, ou seja, se a organização não oferece ao trabalhador condições adequadas de trabalho, ele tenderá a se sentir descontente com os resultados (Malik). Se tal fato ocorrer constantemente o trabalhador perderá o estímulo para realizar seu trabalho a contento, pelo menos naquela organização.

          Motivação

Sendo a motivação intrínseca a cada indivíduo pode -se afirmar que ninguém motiva ninguém. A motivação, além disso, não garante desempenho.

          Teorias clássicas da motivação

1. A hierarquia das necessidades de Maslow que as divide em cinco grandes categorias :

° fisiológicas

° segurança

° sociais

° reconhecimento

° auto-reconhecimento

2. Os fatores higiênicos e motivacionais de Herzberg, divididos em dois grupos:

° a falta dos fatores higiênicos (condições de trabalho, salário, tipo de chefia, etc.) “atrapalharia” a motivação e empurraria os trabalhadores para além da indiferença, na direção da desmotivação.

° a maneira pela qual se oferecem incentivos e condições de trabalho varia conforme o trabalhador, ou seja, os trabalhadores são pessoas e estas são imprevisíveis e inconstantes mudando de opinião e de necessidades.

         Condições e ambiente de trabalho

Sabemos que as condições e o ambiente de trabalho têm impacto sobre os resultados da organização, notadamente sobre sua produtividade mas também sabemos que elas devem ser apreciadas de maneira diferente.

É imperiosa a necessidade de se compreender que as condições e ambiente de trabalho se relacionam às pessoas nas organizações e ambas dependem de gerência, dos recursos, do trabalho e/ou das relações.

° Relações entre superiores e subordinados

    . necessidades do trabalhador

     . ponto de vista da gerência

     . existência de pré-requisitos

        – materiais e equipamentos imprescindíveis para a realização de diferentes procedimentos

        – disponibilidade de pessoal técnico e universitário adequadamente qualificado.

Queremos ressaltar uma das máximas da Administração da Qualidade : qualquer trabalhador, em qualquer posição da organização sabe dizer o que necessita para trabalhar melhor.

continua

ELEVAÇÃO ESPIRITUAL


Como se eleva o Espírito? Pela submissão, pela humildade. O que perde o homem é a razão orgulhosa, que o impele a desprezar todo subalterno e invejar todo superior. A inveja é a mais viva expressão do orgulho; não é o prazer do orgulho, é o desejo doentio, incessante, de poder gozá-lo. Os invejosos são os mais orgulhosos, quando se tornam poderosos. Olhai o mestre de todos vós, o Cristo, o homem por excelência, mas na mais alta fase da sublimidade. O Cristo, digo eu, em vez de vir com audácia e insolência para derrubar o mundo antigo, vem à Terra encarnar-se numa família pobre e nasce entre os animais. Porque encontrareis por toda parte esses pobres animais, a todos os instantes, onde o homem vive simplesmente com a natureza, numa palavra, pensando em Deus. Nasce entre os animais e estes lhe exaltam o poder na sua linguagem tão expressiva, tão natural e tão simples. Vede que tema para reflexão! O Espírito ainda inferior que os anima pressente o Cristo, isto é, o Espírito em toda a sua essência de perfeição. Balaão, o falso profeta, o orgulho humano em toda a sua corrupção, blasfemou contra Deus e bateu no seu animal. De súbito, o Espírito ilumina o Espírito ainda muito vago do jumento e este fala. Por um instante torna-se igual ao homem e, por sua palavra, é o que será nalguns milhares de séculos. Poderíamos citar muitos outros fatos, mas este me parece bem notável, a propósito do que eu dizia sobre o orgulho do homem, que nega até a sua alma, por não poder compreendê-la, e vai até à negação do sentimento entre os seres inferiores, entre os quais o Cristo preferiu nascer. (Espírito de Charlet – 1860).           

 

O Tempo


Não só o tempo cronológico. Mas, acima de tudo, o tempo de amar. Como se houvesse, necessàriamente, tempo apropriado para se amar. Amor infantil. Amor juvenil. Amor adulto. Amor senil.

Amor é a expressão maior do ser humano. Que se busca; que se indaga; que se questiona. Como algo desejado e, muitas vezes, não encontrado o amor, repentinamente, se apresenta em um espaço inusitado, em uma situação não esperada, em circunstância inesperada.

Quantas pessoas passam pela vida à procura de alguém e morrem sem encontrar a outra metade. Vivem e convivem; dormem e acordam; sentem e suspiram. Acreditam que amam e são amados, até.

De repente, a vida se nos mostra diferente ! A vida arrebata; o tempo encurta; o sonho se torna real; as miríades de luz se tornam um grande caleidoscópio e toda a vida explode em nuances multicoloridas.

Toda uma vida  à procura da verdade. No olhar, no tocar, no sentir, no ouvir, no cheirar. Todos os sentidos aguçados. Pensamentos livres; sentimento aberto. Longo tempo. Busca incessante mas demorada. Anos e anos.

Pronto. Sem maiores delongas, acontece o inexplicável. Como dizem os poetas: amar por amar; amar sem saber o porquê; amar e ser amado.

Sempre que posso e em qualquer situação falo sobre o amor. AMOR.

Imagem : canaluminoso.blogspot.com

Mistério


Um certo mistério envolveu nosso encontro
No olhar cativante que abraçou meu corpo inteiro
No toque delicado das mãos, apalpando, descobrindo
Na suavidade das palavras sussuradas à meia-luz…

Na explosão do amor repentina, mas desejada
No momentos plenos da comunhão de anseios
No elo inquebrantável que uniu nossas almas
Da unicidade de objetivos, de metas a atingir…

Doce mistério que enriqueceu meu viver
Lançando um tapete de rosas rubras, vicejantes
No caminho almejado, percorrido, e já vivenciado
Múltiplas vezes em outras esferas do infinito

Nara Pamplona

Imagem : misteriodavida214.blogspot.com

Saudade


Doce palavra e amarga sensação.

Doce palavra porque tenho a beleza do mundo para lembrar-me de ti,

Amarga sensação porque a sinto tão dolorosa quando não te tenho comigo.

Amarga palavra e doce sensação!

Amarga palavra quando descrevo em poemas a saudade de ti,

Doce sensação que invade meu peito porque sei que estás comigo em pensamento.

Doce palavra ou amarga sensação!

Amarga sensação ou doce palavra…

Representa você em mim!

 Imagem : giiudiniz.blogspot.com
Autor: Ercia Missaio Koto

O Buscador


Iniciei, há algum tempo, a escrita de um livro em que o personagem central buscava ao longo de sua vida o alcance da elevação espiritual.

Alcance da elevação maior do ser humano através da força suprema do Universo, o AMOR. Amor em sua plenitude; compreensão e discernimento. Compreender verdadeiramente, sem impregnação do passado doentio, doloroso, desgastante, prejudicial, benéfico ou malévolo. Sem sentimento de culpa, arrependimento; sem sentimento de superioridade ou inferioridade. Sem salientação constante do continente mas, e principalmente, do conteúdo.

Um dia, um casal, atendido em consultório, me pediu para realizar uma palestra em uma associação de bairro sobre a vida. Lá falei que a vida só é vivida quando existe a compreensão da própria existência despojada de falsos  valores concebidos, muitas vezes, por mentes desprovidas de conhecimento espiritual.

Viver por viver. Que pena. Quanta solidão. Quanta pequenez; quanta obrigação.

Li uma mensagem assim: ” Não pense que a vida é difícil só porque aparecem alguns obstáculos em seu caminho. Não pense que o amor não existe só porque alguém iludiu você. Não pense que não existe verdade só porque descobriu a mentira. Não pense que a dor é ruim só porque se sentiu machucado. Não pense que a sinceridade é frágil só porque a falsidade foi forte. Não pense em nada disso, apenas caminhe na certeza de que os instantes são únicos, os momentos não se repetem e os dias não se refazem. Apenas viva-os…”

Viva-os sem pensar nas relações sociais ? Sem se incomodar com os julgamentos, na maioria das vezes, desrespeitosos quanto até, constantemente, malidicentes, agressivos e injuriosos ? Viva-os sim sem se  importar com o juízo de valor que as pessoas emitem sobre você ?

Coragem, verdade de sentimento. Sem se importar, ainda, com valores humanos “ditados pela divindade” ? Cair; levantar; perder e ganhar.

Então recordei de uma frase atribuída ao mago Merlin, da corte do Rei Arthur, que é assim: “Em algum lugar do mundo, uma derrota aguarda todas as pessoas. Algumas são destruídas por sua derrota, outras se tornam mesquinhas e pequenas pela vitória. A grandeza se encontra naquele que triunfa igualmente sobre a derrota e a vitória”.

Buscar cada vez mais compreensão. Sem preocupação para não levar à ansiedade. Para que a verdade seja verdadeira. Para que o que penso seja o que  sinto em relação à ação do meu existir.

Buscar e quando encontrar não ter medo de se aterrorizar. Buscar sem receios, sem obstáculos irreais. Buscar pela vida, pelo amor. É assim que eu penso viver…

continua…

Imagem : Caisdopensamento.wordpress.com

Yolanda


Hoje, está alegre toda a família.

São filhos e filhas, netos e netas, bisnetos e bisnetas, irmãs e todo um contingente de parentes que cantam os parabéns e desejam saúde, paz, felicidade, longa vida e, acima de tudo, AMOR para uma pessoa maravilhosa: nossa MÃE.

Já se vão noventa e poucos anos de existência cheios de alegria, tristeza, felicidade, respeito e consideração ao lado do velho Abelardo (chamado pelo G.A.D.U. em 1994).

Vida no interior; vida na cidade grande. Comadres, compadres. Peixe fresco, carne saudável; frutas frescas colhidas à época; verduras e legumes sem agrotóxicos. Como o velho dizia: “dormindo com as galinhas e acordando com o galo “.

Viajou por todo nosso país em companhia do marido, de irmãs e, às vezes, com filhos e netos. Gosta demais do Rio de Janeiro, sua viagem preferida.

Estou distante geogràficamente dessa comemoração mas, com certeza absoluta, ao lado da senhora, minha mãe, e de todos que irão lhe abraçar e render merecidas homenagens nesta data.

Que Deus nos proporcione muitos anos de vida ao seu lado. Receba nosso amor, nosso respeito e nosso carinho.

NÓS TE AMAMOS, MÃE QUERIDA !

Imagem: cap21.blogspot.com

Retorno ( O ponto de transição )


Já não é mais tempo das trevas; elas passaram e o solistício de inverno nos traz o esplendor e a vitória da luz.

O movimento de retorno da luz não é provocado pela força e quando há devoção esse movimento surge de maneira natural e de forma expontânea. Assim sendo a transformação do antigo apresenta-se fácil permitindo que o velho seja descartado e o novo introduzido nesse ciclo.

A associação de pessoas que têm os mesmos ideais permite que grupos se unam em público em harmonia com o tempo descartando os propósitos particulares e egoístas.

O movimento é cíclico e o caminho se completa em si mesmo evitando precipitá-lo artificialmente. Todas as coisas vêm de modo expontâneo  e tempo oportuno.

O retorno é um ato de auto-domínio e sempre exige decisão. Isto se torna mais fácil quando uma pessoa se encontra em boa companhia. Se consegue pôr de lado o orgulho e segue o exemplo dos homens de bem, encontra boa fortuna.

Quando o movimento de retorno chega não se deve buscar refúgio em desculpas banais e sim proceder a uma introspecção e a um auto-exame.

Fonte : I CHING, O Livro das Mutaçoes, Richard Wilhelm, Editora Pensamento

Museu de Xangai


A maravilhosa cidade chinesa já foi conhecida nos anos de 1930 como a Paris do Oriente.

Atualmente, em rápido crescimento Xangai mostra-se de resplandecente beleza e é local dos mais diversos e milionários negócios.

Seu museu, conhecido em todo o mundo, é de magnífica arquitetura e foi reaberto em 1995. Criado pelo arquiteto Xing Tonghe o Museu de Xangai possui a melhor vitrine de arte e antiguidades chinesas da Terra.

O seu interior abriga mais de 120.000 pinturas, artesanato, esculturas, cerâmica, entre outras preciosidades que possibilitam uma visão de mais de 5000 anos de história da China desde os tempos neolíticos até a data atual.

Xangai tem uma população estimada em 14.000.000 de habitantes e seu atual museu é três vezes maior que o original que foi inaugurado em 1952.

As atuais exposições desse museu são reconhecidas pelos expertos de todo o mundo como superiores às antigas e objeto de apreciação de um público de alto nível cultural.

OBRIGADO !


” Obrigado por me deixar chorar e por me fazer rir. Obrigado por me compreender sem julgar. “

” Em dar e receber com alegria reside o segredo da felicidade. ” (Khalil Gibran).

” Tudo o que fazemos pelos outros nos dá tanta satisfação interior que o esforço fica compensado em si mesmo. ” (Joseph Addison).

” Dou-lhe mil graças por me dar uma e mil razões para me amar, por me ensinar a ser mais livre e a me animar. ” (Graciela Zito).

” Pode-se devolver um empréstimo em ouro, mas você fica para sempre em dívida com aqueles que têm sido generosos com seu carinho.” (Sabedoria oriental).

“Sua generosidade vai mais além do que posso descrever, mas ainda que minha boca não possa dizê-lo, meu coração lhe estará agradecido. ” (Nicholas Rowe).

” Se sustentamos uma tocha para que ilumine o caminho para outros, não poderemos evitar que o nosso caminho também se ilumine.” (Ben Sweetland).

” Há momentos em que a nossa luz se opaca e alguém a reaviva. Cada um de nós tem motivos para pensar com agradecimento profundo naqueles que voltaram a acender nosso fogo interior. ” (Albert Schweltzer).

A ratoeira


Um rato olhando pelo buraco na parede vê o fazendeiro e sua esposa abrindo um pacote. Pensou logo em que tipo de comida poderia ter ali. Ficou aterrorizado quando descobriu que era uma ratoeira.

Foi para o pátio da fazenda advertindo a todos:

“Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa.”

A galinha, que estava cacarejando e ciscando, levantou a cabeça e disse:

“Desculpe-me, Sr. Rato, eu entendo que é um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda.”

O rato foi até o porco e disse a ele:

“Tem uma ratoeira na casa, uma ratoeira.”

“Desculpe-me, Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces.”

O rato dirigiu-se então à vaca. Ela disse:

“O que, Sr. Rato? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!”

Então o rato voltou para a casa, cabisbaixo e abatido, para encarar a ratoeira do fazendeiro. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira pegou a cauda de uma cobra venenosa. A cobra picou a mulher. O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal.

Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la.

Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral O fazendeiro então sacrificou a vaca para alimentar todo aquele povo.

Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito lembre-se que, quando há uma ratoeira na casa, toda a fazenda corre risco.

Autor Desconhecido

AddThis

Reflexões


O nosso caminho é feito pelos nossos próprios passos, mas a beleza da caminhada, depende dos que vão conosco.
” A noite chegou, com ela seus encantos nos levam ao descanso rumo ao silêncio da madrugada e vem o sono, os sonhos, as viagens de nossa alma… então viaje e sonhe muito… Relaxe e se entregue à sua amiga esperança e amanhã todas as mágicas da natureza estarão a esperar você.”
:

Quero carinhosamente que sua alma cante. Que brilhem seus olhos e que sua emoção venha linda. Sua vida tenha muita cor e seja mágica dança sempre repleta de esperança. E na dança dos sonhos viaje pelas estrelas que você cria no céu do seu coração ao som de uma melodia suave tocada pelas mãos do Divino.(Que lindas asas você tem, borboleta. ) Onde as conseguiu ? Já lhe nasceram assim, tão coloridas ? Sabe, jamais se viu matizes tão belas. Como brilham. Será que nossa borboletinha banhou-se num arco-íris ? Mistérios que só ela conhece. Mas são Lindas, muito mesmo. Voe!  Plane suave sobre o mar. Sinta o calor do sol em tuas asas. Veja quanta Vida te espera.
Uma árvore se conhece pelo fruto,um homem, por suas ações. Uma boa ação não se perde jamais. Quem semeia cortesia, colhe amizade, e quem planta amabilidade, colhe amor.

Fonte : amorepoesianasestrelas

Amor, compreensão, discernimento


Houve momento em que Jesus, de Nazaré, o Mestre de outrora, “aceitou ser de novo aluno, para transceder ao que já tinha realizado.”

“Só os verdadeiros Mestres sabem que continuarão sempre a ser alunos, não vos esqueçais disto, Irmãos. A verdadeira humildade jamais pode gerar humilhação…”

“Um único caminho se abre diante de vós. Um único caminho que conduz não ao conhecimento do Pai, e sim à sua experimentação. É pelo amor que podereis sentir Sua presença. É no amor que Deus se banha. É com amor que se saldam as dívidas. É o amor a vestimenta que vos faz em verdade  à sua imagem e semelhança.” (O Testamento de São João, J.J. Benitez, Planeta).

Jesus nos deixou um legado de amor. Êle  nos ensinou que o amor “é a única moeda que não é falsificável no Universo”.

O amor é como a chama que fica doente quando se afasta do fogo que a faz nascer.

Amar é dar um sentido à vida de quem o tem; é ter esperança quando já não se avista a luz no fim do túnel. É carinho, é aconchego, é transcendência.

” O vocabulário do amor é sempre simples. Ele afasta os que não o conhecem e receiam parecer ridículos “.

” Eu vos digo, meus irmãos, sede homens que possam ser reconhecidos pela luz que emana do seu coração “. (Jesus, de Nazaré ).

Como o Mestre ensinava: “sabei que sempre terá sede aquele que não quer ser uma fonte …”. O amor é inesgotável. Amar é ter compreensão, é ter discernimento.

Amar é ver luz quando em plena escuridão. Amar é desejar que o outro seja feliz mesmo que não ao seu lado. Amar é simplesmente… AMAR !

É um olhar, é um toque, uma sensação. É proteção, cuidado, participação.

Imagem : Tyta Chrys