A ESPERANÇA


Cataclismos naturais são fenômenos observados pelos seres humanos desde às épocas mais remotas da nossa civilização.
Mais recentemente, terremotos, maremotos, tsunamis, vulcões em erupção trouxeram muitas tragédias à população de nosso planeta.
Acontecimentos no Haiti, no Chile, no Rio de Janeiro, dentre outros lugares na Terra, deixaram milhares de mortos e desabrigados. Há esperança para o nosso planeta ?
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) há milhões de pessoas que padecem de fome (desnutrição e subnutrição) em todos os cantos da Terra. Pessoas com baixo poder aquisitivo que vivem abaixo da linha da miséria. Há esperança para os pobres de dinheiro ?
As crises econômico financeiras, políticas mostradas, diariamente, pela imprensa assustam a todas as pessoas permitindo o aparecimento de transtornos de toda sorte.
Há esperança para todos nós ?

Há esperança, sim !
Apesar de sermos, hoje, 7 bilhões de seres humanos nesse planetinha chamado Terra. Com todas as nossas necessidades, dificuldades, carências; nossos problemas, nossas crises.
E onde está a esperança ?
Na tecnologia, na educação, na religião, na política, na ciência ?
Particularmente, não acredito que a esperança esteja a esse nível de indagação.
De todas as crises que o ser humano já passou a maior de todas é a que acontece atualmente. É a crise existencial.
Estamos tão ávidos por conhecimento tecnológico, tão preocupados e ocupados com nossos compromissos financeiros e, além de tudo, tão envolvidos em nossas rotinas diárias que não achamos tempo (?) para fazermos uma reflexão espiritual.
Vivemos uma vida em que enxergamos com venda nos olhos ? Pensamos com o cérebro cheio de teias de aranha ? Não conseguimos olhar para o alto porque estamos fincados na terra ? Roubaram e continuam a roubar os verdadeiros valores espirituais ?
Com tudo isso (caso seja verdade) perdemos ter paz e alegria em nosso existir ?
Precisamos continuar tendo fé, esperança e amor. Virtudes que, com certeza, abrirão, ainda mais, as portas da felicidade humana.
Não esqueçamos : ” a esperança no Senhor é a âncora de nossas vidas “.
Sem esperança não temos ideais, sonhos e nem futuro. Que o desespero não tome o lugar da esperança. Que o otimismo não seja suplantado pela inércia da acomodação e nem pela estagnação na busca pelos objetivos de vida de cada um de nós.
Quantas pessoas buscam paz e quietude para suas angústias; seus problemas (os mais variados possíveis) que são carregados por décadas, às vezes. Quantos jovens almejam melhorar seu mundo interior !
Sobrecarregados pela ansiedade não nos damos conta de que não vivemos a vida que desejamos para nós e para nossos entes queridos. É preciso acreditar que há esperança.
Que somos capazes de vencer o medo, a raiva, o rancor, o ódio, a desesperança.
Jesus dizia que ” devemos buscar o Pai dentro de nós e não fora de nós”. Acreditando no Mestre entendemos que a centelha divina está dentro de nós. É mister afirmar aqui o que está escrito em Filipensis :” tudo posso Naquele que me fortalece “.
Digo sempre que é necessário enxergar a vida da maneira mais simples possível. Há esperança ? Claro que sim. Esperança no amor que Krishna, Buda e, principalmente, Jesus nos ensinaram ao longo de suas vidas. Não sou religioso. Acredito em Deus e em Jesus, que é meu ídolo. Não só em suas ações mas no conhecimento espiritual que nos deixou como legado. Ele falava que ” o amor é a única moeda que não é falsificável no universo”.
Viver na ilusão de que somos felizes quando ” somos alguém na vida “. Que os bens materiais são, de verdade, a busca maior de cada um de nós. Que valemos pelo que temos e não pelo que somos.
Algumas pessoas e o mundo, de uma maneira geral, pensam que estamos à beira do precipício. Nada mais enganador. Estamos sim, talvez, às vésperas do surgimento de uma nova era para a raça humana.
Acreditamos que “algo” possa surpreender a trajetória desse debacle humano ? Os sistemas filosóficos, políticos fracassaram na melhoria de vida dos humanos. A tecnologia nos deu mais conforto, mais longevidade; mandou sondas e naves ao espaço sideral. Tudo isso evita que milhões de pessoas passem fome em todo o planeta ? Que milhares de pessoas fujam de seus lares por ações terroristas ? Que a violência urbana esteja mais exacerbada nas médias e grandes cidades ? Que as crianças não tenham educação regular e não disponham de atendimento de saúde com dignidade, respeito e humanidade ? Que mulheres e idosos não sejam vítimas de agressão por ignorância espiritual ? NÃO, não evitou essas barbaridades em pleno século XXI.
O que, então, pode evitar todas essas mazelas ?
O AMOR. Somente o amor verdadeiro pode eliminar todos os problemas humanos.
O amor que Jesus veio nos ensinar como fundamento maior do nosso existir.
A esperança está no amor !

Anúncios