Palavras Mágicas


Nos dias de hoje, as pessoas estão com muita pressa (apesar de que eu aprendi que “a pressa é inimiga da perfeição”) e voltadas para si mesmas (egoístas ? ).

Não conseguem, na maioria das vezes, enxergar quem está ao seu lado; fazem questão de mostrar que estão “longe de ambiente”; falar com estranhos, nem pensar.

Atualmente, mesmo quem esteja vestido de terno e gravata (expressão antiga !) pode ser um bandido. Por essa e outras , estão as pessoas se distanciando umas das outras e, sendo assim, “é melhor não falar com estranhos, mesmo.”

Daí, é melhor ficar em casa e falar com os outros através do computador. Dizem que é mais seguro; será ? Só quando se tem absoluta certeza com quem se fala nessa situação.

Em qualquer situação, eu insisto que devemos conservar valores consuetudinários nessas relações interpessoais, sejam no trabalho, no lar, no lazer.

Agradecer é mais que ter bons modos, é ter boa espiritualidade. (Alfred Painter)

Obrigado por me deixar chorar e por me fazer rir.

Obrigado por me compreender sem julgar.

A gratidão não é somente a maior das virtudes e sim a mãe de todas as demais. ( Cícero ).

O maior espetáculo é um homem esforçado lutando contra a adversidade; mas há outro ainda maior: ver outro homem lançar-se em sua ajuda. ( Oliver Goldsmith ).

Em dar e receber com alegria reside o segredo da felicidade. ( Khalil Gibran ).

Pode-se devolver um empréstimo em ouro, mas você fica para sempre em dívida com aqueles que têm sido generosos com seu carinho. (Sabedoria oriental).

OBRIGADO   MERCI   THANKS   GRACIAS e em todos os idiomas da Terra.

Anúncios