O Cérebro e a mudança de uma crença


Na nossa vida diária, o nosso cérebro executa tarefas porque pode “ler” as informações que foram armazenadas segundo os acontecimentos que vivemos na nossa vida, que podem ser agradáveis (informações felizes) ou desagradáveis (informações traumáticas).

As informações felizes e traumáticas ficam registradas nas nossas células e são elas que formam o nosso sistema de crenças.

Portanto, toda vez que estamos vivendo uma situação com momentos felizes ou infelizes que já vivemos anteriormente, o nosso cérebro “pesca” no seu arquivo de informações armazenadas, a situação anterior e as células dão o alarme ao corpo fisico, causando sensações que serão sentidas de acordo com o passado.

Por exemplo, numa relação amorosa, uma pessoa “sente” que está sendo enganada, descobre mentiras, sente medo de ser traída, certeza de que alguma coisa está errada, e quando finalmente é abandonada, a sua primeira reação é: “Eu sabia que isso ia acontecer!”.

Na realidade, esta pessoa foi informada pelas suas células do que já aconteceu no passado e que a situação de abandono que ela viveu anteriormente está se repetindo e se repetirá várias vezes ao infinito, enquanto que este registro que foi vivido com dor e sofrimento, um trauma de abandono, ficará registrado em suas células.

O nosso cérebro não raciocina, não julga e não recusa uma experiência seja de felicidade ou infelicidade.

Ele executa os nossos pensamentos sem se preocupar se é certo ou errado e armazena informações.

E por isso ele “pesca” no sistema de crenças de uma pessoa, se o que ela está vivendo tem um registro anterior.

No dicionário, a definição de convicção /crença é: convicção ou crença é o aceitar da parte da nossa mente, que uma coisa ou uma situação é verdadeira e real e que frequentemente é sustentada por um sentido espiritual ou emocional de certeza.

O maior problema dos terapeutas de qualquer escola é mudar o sistema de crenças de uma pessoa, pois para fazê-lo devem atingir a mente subconsciente e nem todos sabem como fazer isso e nem sempre conseguem fazer isso com sucesso.

A mente consciente pode programar a mente subconsciente e passar a ter novos comportamentos e habitos através da propria vontade, mas isso leva muito tempo e é preciso estar sempre alerta e ter uma disciplina férrea.

Quando você decide mudar um hábito é porque você constatou com a sua mente consciente que aquele padrão de vibração traz sofrimento e dor e que a troca dessa frequencia de vibração podera trazer um beneficio na sua vida.

Você está usando a sua mente consciente para avaliar a mudança que deve ser feita, mas para que a mudança ocorra, ela deve ser feita na mente subconsciente e quando você troca uma crença, você está dando ao seu cérebro uma nova informação.

É a mente consciente que decide diariamente o nosso comportamento para executar as várias tarefas da vida cotidiana e quais as informações que devem ou não ser guardadas no nosso cérebro.

Você decide conscientemente.

A mente subconsciente retém as nossas memórias, hábitos, a nossa personalidade, a imagem do Eu, as nossas crenças e controla as funções automáticas do corpo.

Trabalhar no sistema de crenças, significa mudar um comportamento de natureza mental, fisica ou metafisica.

Voltando ao nosso exemplo anterior, um abandono leva consigo uma falta de amor próprio, que leva consigo o não merecimento, que leva consigo a punição, que leva consigo a falta de capacidade até no escolher o que se merece…

Para mudar a baixa frequência de vibração de abandono do nosso exemplo, são cinco as crenças ligadas a ele que devem ser mudadas também.

Cada vez que você muda uma crença, vem à tona outras que estavam ligadas a ela anteriormente e que impedem que a mudança aconteça na vida cotidiana.

Ame-se, lembre-se de que você é um maravilhoso ser de Luz, um ser Divino, um ser especial profundamente amado por Deus, mas as mudanças em você, é você mesmo quem deve fazer, com infinita paciência, com alegria, com amor.

Eu gosto de pensar que num futuro não muito longíquo, iremos precisar do nosso cérebro inteiro e que é por isso que ele foi construído assim, afinal, já descobrimos que coisas presentes no nosso corpo físico desde os nossos primórdios estão sendo reativadas agora e entrando em funcionamento para nos facilitar a vida.

Somos seres perfeitos e estamos deixando os nossos medos e preenchendo os nossos espaços internos com Amor e Luz!



por Gloriana Batassagloriana

Anúncios