Viagens ao Exterior


Recomenda-se, inicialmente, anotar os endereços e telefones da Embaixada  Brasileira em cada país que deseja visitar. Muito cuidado com o passaporte e com o uso de cartões de crédito.

Lembre-se que pessoas com más intenções, infelizmente, existem em todos os lugares do mundo. Não aceite levar encomendas, por exemplo, pacotes,malas, remédios,etc., se não for para pessoas de seu relacionamento familiar.

Nos embarques e desembarques, não se afaste de sua bagagem; tenha-a sempre à vista.

Sabe-se que, em qualquer restaurante, lanchonete, café, etc., em qualquer lugar do mundo não é educado chamar o garção com um grito ou assobio. Faça um aceno discreto e, prontamente, ele estará ao seu lado.

Lembretes:

o álcool é proibido nos países árabes e a tradição desses locais é oferecer chá para os visitantes. Aceite-o de bom grado para não causar uma ofensa grave aos anfitriões ;

se não forem colocados garfo, colher, pauzinhos na mesa, espera-se que você coma com as mãos, o que acontece, principalmente, no Marrocos e em outros países árabes;

na Itália, é um insulto cortar o pão com uma faca. Os italianos partem os nacos com a mão;

o arroto depois das refeições, que é considerado grosseiro em muitos lugares, em países  como China, Índia, Albânia e Argélia é uma agradável  homenagem às habilidades do cozinheiro.

em países islâmicos, não se deve olhar demoradamente nos olhos das pessoas; é proibido o contato físico em público entre pessoas de sexo oposto e, para as mulheres, principalmente, não é bom carregar revistas de moda que pode ser considerada material pornográfico;

os executivos devem lembrar que na Grã-Bretanha ao serem convidados  para um almoço de negócios é bom estarem cientes de que o assunto será,realmente, sobre trabalho. No jantar, entretanto, é falta de educação tocar nesse tema ;

na Holanda, não se deve apoiar a ponta do polegar nos lábios porque isso significa mentira e alisar o nariz com o indicador enquanto se fala significa que a pessoa de quem se fala é má e avarenta;

já na Grécia, fazer o V da vitória significa “vá para o inferno” e recusar algo colocando diante de si a  mão aberta com os dedos estendidos é um insulto violento e vulgar;

não se deve beijar uma mulher em público, mesmo no rosto, no Japão; esse ato é considerado descortesia.

Assim sendo, é prudente conhecer alguns usos e costumes de outros povos para evitar dissabores durante uma maravilhosa viagem ao exterior.

Como se diz, vulgarmente, “em terra de sapos de cócoras com eles”. Devemos respeitar os valores, crenças, fé, etc., de cada nação-irmã de nosso planeta.

Boa Viagem !

Bibliografia:

Revista  Época – edição 523, de 26.5.2008

Revista Vida Simples – edição 79, de maio.2009

Pequeno Livro de Etiqueta, Ana Vaz, Verus Editora

Anúncios