Viagens de Jesus


A aldeia de Nazaré, ficava na Galiléia, no norte da Palestina, à época de Jesus.

Próximo desse local havia um entroncamento das vias terrestres mais importantes que cruzavam a região. Uma delas, a Via Mars,  vinha do Oriente através de Damasco e chegava ao Egito passando por Gaza, pelo interior, após se encontrar perto de Panéias (Cesaréia de Felipe) com uma outra via que se dirigia à Tiro, na Fenícia (hoje, Líbano) na costa mediterrânea. Estradas que cruzavam a região de norte a sul, de leste a oeste permitiam um intenso comércio envolvendo “povos, línguas, costumes, religiões e problemas de mil origens e naturezas, transformando a Gaulanítide num cenário internacional e atraente”.

Jerusalém, Belém, Betânia, Jericó, Emaús, Cafarnaum, Betsaida, dentre tantas outras cidades e aldeias estavam interligadas por estradas principais e secundárias.

Por lá, circulavam caravanas de mercadores que comercializavam cedro, azeite balsâmico, vinho, perfumes, pedras preciosas, ouro, tapetes, vidro, marfim e tantos outros produtos vindos de Sabá, Reema (Iêmen), Assíria, Arábia, do alto e do médio Eufrates, da Gália, Sicília, Córsega, Numídia, Germânia, Cartago,; África e Ásia.

Como sabemos, o grego era a língua “oficial” da época e também falava-se o Koiné ( o grego internacional).

Jesus, então, falava o aramaico, o hebraico e grego, fluentemente.  Por ter vivido próximo a esse movimentado cenário, adquiriu conhecimento de usos, costumes, religião de vários povos e, desde cedo, ficou interessado no aprendizado dessas culturas.

Historiadores se permitem dizer das viagens de Jesus à Índia, ao Nepal, ao Tibete (alto Himalaia), talvez, à China e ao Japão.

Um desses estudiosos, o russo Nicolau Notovitch publicou em 1894 um livro intitulado “A vida desconhecida de  Jesus” que ressaltava a passagem de Jesus  (Issa, em árabe) por essas regiões do Tibete (Himalaia).  clique aqui

Viagens de Jesus

India (13 anos) – 6 anos

– foi expulso pelos sacerdotes brâmanes;

– pregou monoteísmo e os direitos das classes menos poderosas (classe operária)

Nepal – 6 anos

(Alto Himalaia/Tibete)

Pérsia – era contra o dualismo (foi, também expulso)

Judéia – voltou aos 29 anos.

Historiador russo Nicolau Notovitch publicou, em 1894 – A vida desconhecida de Jesus.

Ele encontrou em 1887, em sua viagem por Ladakh (pequeno Tibete), um antigo manuscrito no mosteiro Himis sobre Jesus (Issa) = A vida de Santo Issa: O melhor dos filhos dos homens.

Foi acusado de fraude por jamais ter viajado a Ladakh.

Anúncios

Um comentário sobre “Viagens de Jesus

  1. VejaBlog
    Seleção dos Melhores Blogs/Sites do Brasil!
    http://www.vejablog.com.br

    Parabéns pelo seu Blog!!!

    Você está fazendo parte da maior e melhor
    seleção de Blogs/Sites do País!!!
    – Só Sites e Blogs Premiados –
    Selecionado pela nossa equipe, você está agora entre
    os melhores e mais prestigiados Blogs/Sites do Brasil!

    O seu link encontra-se no item: Blog => Blogs…

    http://www.vejablog.com.br/blog

    – Os links encontram-se rigorosamente
    em ordem alfabética –

    Pegue nosso selo em:
    http://www.vejablog.com.br/selo

    Um forte abraço,
    Dário Dutra

    http://www.vejablog.com.br
    …………………………………………………………..

Os comentários estão desativados.